coworking sem energia
13/02/2019

Já imaginou acabar a energia e você ficar sem internet no seu coworking?

Você está lá, trabalhando normalmente em seu espaço de coworking e acaba a energia! Seus clientes ficam desesperados por não haver luz, máquina de café e internet! Tudo o que estavam fazendo online foi perdido. E agora?

Durante as jornadas habituais de trabalho, dificilmente percebemos os problemas que podem causar algum dano instantâneo aos nossos clientes. A queda de energia pode ocasionar prejuízos tanto para o gestor do coworking, quanto para a pessoa que está utilizando o espaço.

Parece um pesadelo não é mesmo?

Mas ele pode ser evitado!

Como evitar prejuizos com queda de energia?

Existem equipamentos que podem manter a energia do seu estabelecimento até que retorne o fornecimento normal. Assim, caso ocorra uma instabilidade, o usuário nem perceberá que ocorreu um problema e continuará trabalhando normalmente, sem perder a sua produtividade.

Saber que o espaço colaborativo conta com esse tipo de proteção passa tranquilidade e confiança para que o usuário continue usando os serviços do estabelecimento.

“Quando penso na escolha de um Coworking, tenho como fator decisivo a segurança, tanto pessoal quanto no sentido de poder trabalhar tranquilamente sem me preocupar que uma simples queda de energia possa me fazer perder informações importantes ou até mesmo um fechamento de pedido, por falta do CRM. É fundamental saber que o espaço conta com este tipo de proteção para mim”

Letícia Pereira Samsel

Usuário de um espaço de Coworking em Curitiba – PR

Qual o custo por não utilizar um sistema de segurança?

Um coworking possui muitas pessoas trabalhando e horas paradas significam uma perda financeira muito grande. Segundo o censo Coworking Brasil, em 2018 foram movimentados 127 Milhões de reais nesses espaços. Neste caso, se essas empresas apresentarem perdas financeiras na sua jornada diária, o dono do estabelecimento do coworking tem uma coparticipação.

Ainda segundo o Coworking Brasil, somente o estado de São Paulo conta com 465 espaços registrados, fazendo com que a concorrência seja muito grande e os pequenos detalhes contribuam na hora da escolha do espaço. Portanto, a qualidade das instalações poderá fazer com que o coworking aumente a quantidade de seus clientes.

“Quando instalamos um nobreak no nosso modem, não imaginávamos que uma hora iriamos precisar dele! Quando acabou a energia as pessoas continuaram trabalhando normalmente. Em um coworking, grande parte dos usuários já possui um notebook, que garante uma autonomia. Mas sem internet, elas não conseguem trabalhar.”

Camilo Prado

Administrador de um coworking em Curitiba-PR

Além da autonomia, o nobreak garante que o seu equipamento não seja danificado, possibilitando que, assim que a energia retorne, tudo volte a funcionar normalmente.

Escolher o melhor equipamento nessas horas pode ser complicado, confira dicas para não errar na compra do seu nobreak.