20/08/2018

Dicas para você não errar na compra do seu nobreak

Ao decidir comprar um nobreak, o consumidor se depara com muitas informações para tomar sua decisão. Por isso, para adquirir o melhor nobreak para sua necessidade, é preciso realizar algumas comparações, como potência, tensão, tipo de equipamento ligado ao nobreak e tempo de autonomia. Certamente, esses dados são importantes para decidir seu uso, seja um nobreak residencial ou para fins corporativos.

Quantidade de aparelhos conectados ao nobreak

Em primeiro lugar, a análise inicial a ser feita pelo consumidor refere-se à quantidade de aparelhos que serão conectados ao nobreak. Vamos supor que o consumidor queira ligar o computador e o modem. Nesse caso, é preciso somar as potências desses equipamentos. As medidas em watts geralmente constam na parte de trás dos produtos ou ainda no manual de instruções.

Mas não se assuste: para descobrir qual nobreak comprar, a dica é verificar o valor em VA do nobreak e multiplicar pelo fator de potência, que pode variar de 0,5 a 1,0, dependendo do equipamento. Com isso, você encontra o valor em watts que o nobreak suporta. O próximo passo é comparar esse valor com os computadores, modens e outros equipamentos que pretende ligar nesse nobreak. Portanto, vamos a um exemplo: um nobreak com 600 VA e fator de potência 0,5 vai resultar em 300 watts (600 x 0,5). Compare com esse valor em watts com os equipamentos que você deseja conectar ao nobreak.

Autonomia numa eventual queda de energia

Outro aspecto importante é o tempo de autonomia caso a residência ou escritório fique sem energia. Isso pode fazer toda diferença sobre qual nobreak comprar. Depois de definir a quantidade de equipamentos plugados ao nobreak e, por sua vez, a potência do mesmo, determine qual o tempo ideal de autonomia para concluir os afazeres numa eventual queda de energia.

Entre as soluções da NHS para uso residencial, considerando um computador ligado, há nobreaks com autonomia que variam de 25 minutos, como o modelo Nobreak Mini Senoidal 600VA, até 65 minutos, como os modelos Nobreak Compact Senoidal 1000VA e Nobreak Compact Plus Digiseno Senoidal 700VA.

Já em estabelecimentos comerciais, quando cada segundo representa oportunidade de negócios, a engenharia da NHS desenvolveu um produto que garante autonomia de até 7 horas. Por isso, a família de nobreaks PDV, além de compactas, possui potência que varia de 600VA a 2200VA. A escolha por qual nobreak comprar vai depender da necessidade de cada empresa.

Tipos de nobreak conforme equipamentos

Dependendo do uso que se faça do nobreak, é preciso levar em consideração três modelos disponíveis no mercado. Em primeiro lugar, o nobreak semi senoidal possui uma forma de onda quadrada, recomendado para equipamentos como eletrodomésticos simples, a exemplo de desktops, periféricos de informática simples, wi-fi, modens, switches, sistemas de alarme, sistemas de CFTV e monitoramento, entre outros. Já o nobreak senoidal produz uma onda pura, idêntica à rede elétrica. Ele é indicado a equipamentos como PCs Gamers, Smart TVs, eletros que possuem motores (indutores) e cargas resistivas (lâmpadas). Assim como o modelo de nobreak dupla conversão ou online é recomendado para equipamentos muito sensíveis à oscilação de energia. Equipamentos como grandes servidores, médicos, entre outros.

Marca de confiança

Como resultado, é possível perceber o diferencial dos produtos da NHS. Com trajetória de 30 anos no setor de sistemas de energia, possui um rígido processo de homologação de fornecedores e um setor de Pesquisa e Desenvolvimento. Além disso, a empresa seleciona os melhores componentes para garantir a melhor performance com o melhor custo-benefício.

Ainda ficou com alguma dúvida sobre como comprar um nobreak? A NHS possui consultores que têm como foco atender a sua necessidade. Entre em contato para obter informações sobre produtos e revendas.